terça-feira, 19 de julho de 2016

Astrônomos detectaram a linha do gelo ao redor de uma estrela pela primeira vez

Um telescópio capturou a primeira imagem de uma linha do gelo em torno de uma jovem estrela no espaço – e isso pode mudar o que sabemos sobre a formação de planetas.
As condições extremas ao redor de estrelas jovens às vezes significam que a água vai diretamente do estado gasoso para a neve e gelo, pulando totalmente a fase líquida. A região em que essa transição acontece é chamada de linha do gelo.

Essa linha só foi vista porque a estrela em questão, a V883 Orionis, teve uma erupção maciça que empurrou a linha do gelo ao redor do seu disco protoplanetário, onde os planetas são formados, para fora. Isso fez com que o telescópio Atacama Large Milimeter/submilimiter Array (ALMA) conseguisse essa vista:
Não é só uma coisa legal de se ver, e pode ter consequências enormes para a forma como planetas são formados. Pesquisadores do ESO dizem que suspeitam que a localização da planeta em formação dentro da linha do gelo aparece na forma final do planeta.

Se um planeta é formado dentro dessa linha, onde a água aparece como gás, o planeta resultante é rochoso como a Terra. Planetas que se formam fora da linha do gelo, onde a água aparece como gelo, se tornam gigantes gasosos como Júpiter.

Agora que conseguimos ver essa linha em ação, os cientistas esperam conseguir explicar melhor qual é o papel dela na evolução planetária.




Fonte: Gizmodo Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Custom Search