quarta-feira, 13 de julho de 2016

Rastro Químico, aviões do governo estão pulverizando química misteriosa sobre nós?





Primeiro foram os "Buracos no Céu", e agora chegou a vez daquelas trilhas de fumaça que os aviões deixam ao passar, que se parecem com longos riscos brancos, e que às vezes demoram um bom tempo até sumirem de vez.

Se você não tinha percebido nada disso, saiba que os entusiastas de teorias de conspiração perceberam... e na internet se espalham inúmeros posts com explicações bem alarmantes sobre o que seriam esses rastros de fumaça. Até mesmo o Discovery channel produziu um documentário abordando a questão.



A explicação básica para a formação dessas trilhas de fumaça é a condensação de vapores, que são emitidos pelas turbinas do avião, mas tem muita gente desconfiando que seja algo mais. Muitos alegam que trilhas de vapor não durariam tanto tempo nos céus, e que produtos químicos seriam responsáveis pela duração maior dessas marcas de fumaça.



As novas teorias de conspiração até adaptaram um termo pra essas marcas de fumaça, que estão sendo chamadas de "Chemtrails" (trilhas químicas). A palavra é uma adaptação de "Contrail" (trilhas de condensação), que é o termo real.

De onde tiraram essa ideia?


Tudo começou na metade da década de 90, quando a Força Aérea dos Estados Unidos especulava sobre a manipulação do clima no futuro, e como isso poderia ser utilizado como uma nova arma em combates militares. Hoje sabemos que já existem tecnologias e produtos químicos que são despejados na atmosfera pra fazer chover, e até a cidade de São Paulo já usou essa tecnologia diante de sua recente crise hídrica.

Os supostos planos "secretos" dos governos


Os teóricos de conspiração de plantão desconfiam que a tecnologia de pulverização atmosférica possa ser usada com outros propósitos mais nefastos, como por exemplo o controle mental dos cidadãos. Outras teorias que se espalham pela internet afirmam que a indústria farmacêutica também faria parte do complô, usando aviões pra disseminar doenças e depois vendendo remédios para curá-las. São muitos relatos afirmando que, após avistarem essas trilhas de fumaça sobre suas cidades, muitas pessoas ficaram doentes, com conjuntivite, problemas respiratórios ou resfriados, por exemplo.

As "provas" da conspiração


São várias fotos dos supostos aviões modificados, com equipamentos que seriam usados para pulverizar produtos químicos de todo tipo. Esses aviões parecem mesmo bem estranhos, e as imagens se espalharam pela internet fazendo muita gente acreditar que existe algo bizarro nessa história toda...

A explicação das fabricantes de aviões


Fabricantes de aeronaves afirmam que esses equipamentos são um sistema de simulação de passageiros. Dentro dos tanques haveria apenas água, que é bombeada de um tambor para o outro e simulam a movimentação de passageiros dentro do avião e suas implicações no centro de gravidade da aeronave. Ou seja, seriam apenas inocentes equipamentos de testes que servem para garantir a segurança das pessoas.

A explicação científica oficial para os rastros de fumaça


Governos e cientistas continuam afirmando que a explicação não mudou, e os riscos brancos no céu são apenas vapores das turbinas dos aviões. Segundo eles, dependendo das condições atmosféricas, esse rastro de fumaça pode ficar nos céus por um bom tempo. Ou seja, só porque o rastro demora muito pra sumir não significa que ele seja algum tipo de produto químico estranho ou prejudicial.



Fonte: inovação Tecnológica

0 comentários:

Postar um comentário

Custom Search