NerdTecnoGeek

Ciência, Tecnologia e Mistérios.

Física

A mais bela das Ciências.

Mistérios

Os Mistérios do mundo e do Universo apresentados aqui.

Eletrônica

Kits de projetos eletrônicos para todas as finalidades.

loading...

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Internauta cria bazuca laser que pode até cegar uma pessoa



Esse rapaz construiu um dispositivo de emissão Laser (Raio Laser, da sigla em inglês para Light Amplification by Stimulated Emission of Radiation, ou seja, amplificação da luz por emissão estimulada de radiação) extremamente potente para os padrões de civis comuns possuírem. A engenhoca realmente impressiona devido a energia laser gerada.

 Em um vídeo do Youtube, o canal styropyro mostrou o funcionamento da arma pode causar desde um grande incêndio até a cegueira de quem for atingido pelos feixes de luz nos olhos.

A invenção conta com 200 watts de potência, o que ultrapassa em 400 vezes o nível máximo de tolerância de dispositivos a laser nos Estados Unidos (0,5 watts). Para efeito de comparação, um laser comum, como aqueles utilizados em salas de aula, possui 0,005 watts.

A arma foi montada com equipamentos reciclados e utiliza uma lente de aumento que intensifica a luz de quatro projetores DLP instalados e que foram comprados no Ebay. O feixe de luz ininterrupto foi testado com alguns objetos e mostrou ser devastador.

O calor gerado foi capaz de queimar caixas de papelão, madeiras e peças de computador. Com bexigas o estrago foi instantâneo. Felizmente, por razões óbvias, o inventor não testou a novidade contra humanos.


Fonte: Olhar Digital.


quarta-feira, 29 de junho de 2016

Edward Snowden: Osama Bin Laden está vido e bem em Bahamas '

O denunciante da NSA afirma ter documentos que provam que Bin Laden ainda está na banca da CIA e que ele está vivendo uma vida de luxo em Bahamas.

Depois que Edward Snowden, um empreiteiro da ex-Agência de Segurança Nacional (NSA), vazou documentos classificados sobre programas de vigilância do governo em 2013, ele foi acusado de uma série de crimes. O especialista em computadores acreditava que ele estava certo em revelar extensa fiscalização das telefonias pela inteligência americana para todo o mundo.



Agora vivendo na Rússia, onde lhe foi oferecido asilo por um ano, ele revelou uma outra informação controversa. De acordo com o Moscow Tribune, Snowden acredita que Osama Bin Laden - o famoso terrorista e ex-líder da Al Qaeda - está vivo e recebendo benefícios  da Agência Central de inteligência (CIA).
"Eu tenho documentos mostrando que Bin Laden ainda está na folha de pagamento da CIA", afirma Edward Snowden. "Ele ainda está recebendo mais de US $ 100.000 por mês, que estão sendo transferidos através de algumas empresas e organizações de fachada, diretamente para sua conta bancária Nassau. Não estou certo de onde ele está agora, mas em 2013, ele estava vivendo tranquilamente em sua casa de campo com cinco de suas esposas e muitos filhos. "
Segundo o Sr. Snowden, a organização do governo falsificou a morte de Bin Laden, então, transportado o terrorista e sua família para um local desconhecido, nas Bahamas.
"Osama Bin Laden era um dos agentes mais eficientes da CIA por um longo tempo", afirma o famoso denunciante. Eles organizaram sua morte falsa, com a colaboração dos serviços secretos paquistaneses , e ele simplesmente abandonou seu disfarce. "Uma vez que todo mundo acredita que ele está morto, ninguém está olhando para ele, por isso era bastante fácil de desaparecer. Sem a barba e a jaqueta militar, ninguém o reconhece. "
NaijaPicks (a fonte original) retransmite que os documentos que comprovem esta afirmação controversa estão incluídos em seu livro, que foi publicado em Setembro de 2015. Apesar de Snowden afirmar que ele vazou os documentos para ajudar o povo americano, ele continua a ser um fugitivo nos Estados Unidos. Apesar de cerca de 168.000 pessoas assinaram uma petição para ele ser perdoado, a Casa Branca rejeitou o esforço em 28 de julho de 2015. Quando Snowden estava em Hong Kong, vários jornalistas foram concedidos a oportunidade de entrevistá-lo em seu esconderijo secreto. Depois de ser perguntado por que ele deixou o seu país de origem, ele disse a The Guardian:
"Eu não quero viver em uma sociedade que faz este tipo de coisas ... Eu não quero viver em um mundo onde tudo que faço e digo é registrado."
Nota: A fonte original de esta informação não foi validada nem confirmada por nenhuma outra fonte.

Fonte: http://humansarefree.com

Ovniólogos alegam ter encontrado túneis na superfície da Lua



Túneis-na-Lua
“Túneis” misteriosos aparecem nas versões antigas das fotos.

Túneis na Lua?

Além das numerosas anomalias encontradas na superfície lunar, caçadores de OVNIs encontraram misteriosos túneis visíveis nas imagens de satélite da Lua, as quais teriam sido eventualmente apagadas. O que estariam tentando esconder?
Próximo da região de pouso de uma das missões Apolo, foram descobertos túneis que se estendem a até um quilômetro de comprimento.
Os enigmáticos túneis foram encontrados próximo do local de pouso da Apolo 17, pelo ovniólogo Marcelo Irazusta.
De forma interessante, estes túneis parecem ter sido apagados em novas versões da Google (Earth) Moon, o que levantou especulações do que realmente estaria lá, e o porquê dos misteriosos túneis terem sido removidos.
Versões novas das fotos não mostram os supostos túneis.
Versões novas das fotos não mostram os supostos túneis.
No passado, os caçadores de OVNIs ao redor do globo descobriram inúmeras coisas que não deveriam estar na Lua. Porém, se estes supostos túneis são somente rachaduras na superfície lunar, por que teriam sido apagados em versões mais recentes das imagens de satélite?
Além dos túneis e estranhas marcas, os caçadores de OVNIs encontraram o que parecem ser cúpulas, torres e estranhas luzes, todas visíveis nas imagens de satélite da Lua e dos arquivos da missão Apolo.

Bases alienígenas na superfície da Lua

Há pouco tempo, um delator da NASA liberou um jogo de imagens das missões Apolo que são consideradas grande provas de bases alienígenas na superfície lunar.
As imagens da coleção privada de Ken Johnston – que é muito bem conhecido na comunidade OVNI por ter declara que há coisas na Lua que não deveriam estar lá – parecem mostrar bases alienígenas na superfície da Lua.
Durante o tempo em que trabalhou na NASA para as missões Apolo, Johnston encontrou algumas imagens obtidas pelos astronautas durante suas missões à Lua, as quais mostram o que parecem ser bases alienígenas.
A missão Apolo 8 foi a primeira em que seres humanos viajaram até lá. Um jogo de imagens e vídeos da jornada indicam que os astronautas poderiam ter sido acompanhados pelo espaço.  A imagem monocromática tirada por uma câmera de 70 mm foi a única sobrevivente de uma sequência do filme para a missão Apolo 8, que mostra o objeto.
Foto tirada por astronautas da missão Apolo 8. Defeito no filme, ou algo mais misterioso?
Foto tirada por astronautas da missão Apolo 8. Defeito no filme, ou algo mais misterioso?

Diferentes imagens, imagens de satélite e vídeos da Lua têm causado um debate mundial na comunidade OVNI em anos recentes

Nos últimos cinco anos, inúmeras anomalias foram descobertas na Lua, as quais têm sido respaldadas por várias declarações de oficias governamentais, ex-astronautas e militares do alto escalão.
Por exemplo, George Leonard, um cientista da NASA encarregado da análise de fotos, obteve várias imagens extremamente controversas da Lua, publicadas em seu livro chamado ‘Somebody Else Is On The Moon’ (Alguém mais está na Lua).  Embora as imagens mostradas em seu livro são de qualidade relativamente pobre e pequenas, elas mostram algumas características incríveis das enormes fotos originais pertencentes à NASA.
O que você acha?  Seriam as imagens e o vídeo abaixo prova de túneis secretos na Lua? Haveria outra explicação mais racional, como rachaduras naturais, que poderiam explicar as formas anômalas na superfície lunar?
Veja o vídeo que mostra os supostos túneis lunares:

 

Fonte: OVNI Hoje

Desvendado mistério dos sons da Aurora Boreal


Desvendado mistério dos sons da Aurora Boreal
Esta é a primeira explicação para todos os três mistérios relacionados aos sons das auroras polares. [Imagem: Unto K. Laine]
Sons das auroras polares
Em 2012, um grupo liderado pelo professor Unto Laine, da Universidade Aalto, na Finlândia, demonstrou que um daqueles "mitos históricos" - os relatos de que a aurora boreal emitia sons - era um fato.
E, mais do que isso, a equipe demonstrou que, embora as Luzes do Norte ocorram a altitudes entre 80 e 150 km, a fonte dos sons associados a elas parecia estar localizada bem perto do chão, a uma altitude de aproximadamente 70 metros.
Agora a equipe encontrou uma explicação para o mecanismo que cria o som e confirmou sua origem de baixa altitude. Para isso, eles combinaram medições acústicas locais com os perfis de temperatura atmosférica medidos pelo Instituto Meteorológico da Finlândia.

Camada de inversão
Em um fenômeno que a equipe chamou de "hipótese da camada de inversão", os estalidos e crepitares associados com a Aurora Boreal surgem quando a tempestade geomagnética que produz as luzes na alta atmosfera ativa as cargas elétricas que se acumularam na camada de inversão da atmosfera, fazendo-as descarregar como se fossem minúsculos raios.
"As temperaturas geralmente caem quanto maior a altitude. No entanto, quando as temperaturas estão bem abaixo de zero e, em geral em condições climáticas claras e calmas durante a tarde e a noite, o frio fica perto da superfície e o ar mais quente fica em cima.
"Esse ar quente não se mistura, ele sobe em direção a uma camada mais fria levando cargas negativas do solo. A camada de inversão forma uma espécie de tampa, dificultando os movimentos verticais das cargas. O ar mais frio acima dela é positivamente carregado.
"Finalmente, uma tempestade geomagnética faz com que as cargas acumuladas descarreguem na forma de faíscas que criam pulsos magnéticos e sonoros mensuráveis," explica o professor Laine.

Mistérios das auroras boreais
De acordo com o pesquisador, a hipótese da camada de inversão também dá uma explicação crível de por quê os sons das auroras boreais só são ouvidos em condições meteorológicas calmas.
Ele enfatiza que a hipótese não exclui outros mecanismos, mas esta é a primeira explicação para todos os três mistérios relacionados aos sons das auroras polares.
"Além do mecanismo que gera o som, isso nos ajuda a entender como podemos ouvir o som quando a fonte de luz da aurora está a uma distância de 80 a 100 km. A hipótese da camada de inversão também oferece respostas para como é possível que os eventos sonoros ocorram quase simultaneamente com as observações visuais: partindo de uma altitude de 75 metros, o som atinge o ouvido humano em apenas 0,2 segundo," conclui ele.

O que é uma Aurora Boreal?
É um fenômeno óptico composto de um brilho observado nos céus noturnos nas regiões polares, em decorrência do impacto de partículas de vento solar com a alta atmosfera da Terra, canalizadas pelo campo magnético terrestre. Em latitudes do hemisfério norte é conhecida como aurora boreal (nome batizado por Galileu Galilei em 1619, em referência à deusa romana do amanhecer, Aurora, e Bóreas, deus grego, representante dos ventos nortes). Ocorre normalmente nas épocas de setembro a outubro e de março a abril. Em latitudes do hemisfério sul é conhecida como aurora austral, nome batizado por James Cook, uma referência direta ao fato de estar ao Sul.
O fenômeno não é exclusivo somente à Terra, sendo também observável em outros planetas do sistema solar como Júpiter, Saturno, Marte e Vênus. Da mesma maneira, o fenômeno não é exclusivo da natureza, sendo também reproduzível artificialmente através de explosões nucleares ou em laboratório.

Foto de uma Alrora Boreal.

  Fonte: Inovação Tecnológica

terça-feira, 28 de junho de 2016

NASA está trazendo Internet para todo o sistema solar


Desde o dia em que foi lançada, a Internet tomou o mundo pela tempestade, e agora a NASA está ampliando o horizonte através da introdução de uma nova tecnologia de Internet sistema solar a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS). Até agora, a agência tem feito progressos significativos no sentido de estabelecer um sistema de comunicação mais confiável com a instalação de uma nova geração de rede de dados.
NASA_Internet_for_Solar_System
A impressão de um artista de uma rede de Internet solar que mede-sistema. Fonte da imagem: NASA

Chamado Delay / Disruption Tolerant Networking (DTN), o serviço permite o armazenamento de peças parciais de informações nos nós ao longo de um caminho de comunicação, o que trará transmissões mais rápidas e mais estáveis ​​em experimentos espaciais. O sistema foi integrado com o ISS Telesciência Resource Kit e representa mais de 10 anos de trabalho da NASA e os seus parceiros, como parte da Agência de Exploração de Sistemas Avançados do programa (AES). A missão da AES é desenvolver tecnologias que poderiam ser fundamental no futuro da exploração de nosso sistema solar.
Simplificando, DTN irá fornecer a receita confiável para transferências de armazenamento e de dados. Com "armazenar e encaminhar" do serviço de rede de dados, ele pode armazenar feixes parciais de dados em nós ao longo peças de comunicação até que seja encaminhado e, em seguida, re-empacotado no destino final, o que poderia ser a Terra ou no espaço, e potencialmente outros planetas. Este é o lugar onde DTN difere do tradicional Internet Terra-borne que exige que todos os nós para estar disponível durante o período de tempo para uma transmissão de dados confiável.
NASA_Space_Internet_Tweet
O anúncio da NASA no Twitter. Fonte da imagem: Twitter.
Antes de DTN, a estação espacial foi equipado com Telesciência Resource Kit (Trek), um conjunto de software para a transferência de dados entre centros de operação e do ISS. DTN foi adicionado ao pacote de software existente para melhorar o seu apoio e transferências de arquivos de missão.
A NASA colaborou com uma variedade de organizações para montar este projeto na ISS, incluindo a Task Force Internet Research (IRTF), o Comitê Consultivo para Sistemas Espaciais de Dados (CCSDS) e a Internet Engineering Task Force (IETF).
A nova tecnologia deverá acelerar as transferências de dados entre a Terra e a ISS, bem como os vários módulos em espaço. Quanto ao futuro, o objetivo é utilizar esta tecnologia para transferências de dados planeta-a-planeta.

Fonte: NASA

domingo, 26 de junho de 2016

Estranha foto de um suposto "Marciano" de 15 cm de altura em Marte - NASA

São inúmeras as fotos enviadas de Marte pelos jipe-sonda da NASA, que mostram coisas estranhas. Mas é claro, a maioria delas não passa de pareidolia, que é quando nossas mentes nos fazem ver coisas familiares a nós em objetos que não são aquilo que se pensa estar vendo. Ou seja, ilusão de ótica.
Imagem de suposto alienígena, realçada para mostrar o que se imagina estar vendo.
Imagem de suposto alienígena, realçada para mostrar o que se imagina estar vendo

Esta é mais uma foto vinda do Planeta Vermelho, que parece mostrar um pequeno alienígena "Marciano" encostado numa pedra.  E desta vez, alguns estudiosos do fenômeno alegam que se trata de mais uma evidência que respalda a veracidade da famosa mini-múmia do “Alienígena do Atacama”, que foi descoberta no Chile em 2003, sendo este esqueleto proveniente de um ET de Marte, de acordo com eles.
O suposto ‘ET se escondendo atrás da rocha’ foi encontrada numa das fotos enviadas pelo jipe-sonda Curiosity e publicada pelo canal do YouTube Paranormal Crucible.

Assista o vídeo e tire suas próprias conclusões.




Fonte: OVNI Hoje

sábado, 25 de junho de 2016

Pode ser possível sobreviver a uma queda em um buraco negro

Simulação de buraco negro
Uma simulação inédita mostra que, ao contrário do que os físicos têm proposto, objetos que caiam em um buraco negro em rotação não seriam esmagados pela gravidade descomunal.
Isso dá suporte a alguns cenários de ficção científica, como do filme Interestelar. Embora a imagem do buraco negro do filme tenha sido produzida por uma simulação científica, a ideia de que buracos negros são portais para outros universos - ou atalhos para outros locais no nosso próprio universo, ou máquinas do tempo - ainda são controversas.
O que é fato é que o trabalho agora publicado representa a primeira metodologia para simulações de computador dos buracos negros rotativos.
"Buracos negros não rotacionais vêm sendo estudados em simulações de computador há décadas. Nós desenvolvemos a primeira simulação em computador de como os campos físicos evoluem quando se aproxima do centro de um buraco negro em rotação," explica Lior Burko (Universidade Georgia Gwinnett), que fez o trabalho juntamente com Gaurav Khanna (Universidade de Massachusetts) e Anil Zenginoglu (Universidade de Maryland).
Pode ser possível sobreviver a uma queda em um buraco negro
Há uma grande corrida entre os astrônomos em busca da primeira foto de um buraco negro - ainda que muitos ainda defendam que buracos negros podem não existir. [Imagem: NRAO/AUI/NSF/Dana Berry/SkyWorks/ALMA(ESO/NAOJ/NRAO)]
Sobreviver em um buraco negro
A teoria mais aceita hoje estabelece que, no centro de um buraco negro - conhecido como singularidade, a densidade e a gravidade são infinitas, o que resulta em que as leis da física e o espaço-tempo simplesmente deixam de existir.
Mas a simulação revelou um resultado surpreendente: mesmo ainda fora do buraco negro, caindo a partir do seu horizonte de eventos, corpos que tenham a infelicidade de serem sugados pela gravidade descomunal podem não ser destruídos.
Em outras palavras, seria teoricamente possível "sobreviver" a uma queda em um buraco negro, o que deixa o caminho aberto para especulações sobre as possibilidades de sondar o seu interior como na ficção do filme Interestelar.
Viagens no hiperespaço
Stephen Hawking já havia proposto que pode ser possível escapar de um buraco negro, mas a nova teoria não fala apenas de informações ejetadas de volta, e sim da não destruição da matéria que cai.
"Tem sido frequentemente assumido que objetos se aproximando de um buraco negro são esmagados pela gravidade crescente. No entanto, descobrimos que, embora as forças gravitacionais aumentem e se tornem infinitas, elas o fazem tão rápido que sua interação permite que objetos físicos fiquem intactos conforme se movem em direção ao centro do buraco negro.
"Portanto, a simulação é consistente com aspectos de cenários populares da ficção científica, nos quais os buracos negros são usados como portais para viagens no hiperespaço, que exigem que as naves espaciais, e os astronautas dentro delas, permaneçam intactos," explicou Burko.
Fonte: Inovação Tecnologica

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Candidato à presidência dos EUA diz ser um "Viajante do Tempo"



Era só o que faltava, um candidato a presidência dos EUA diz ser um viajante do tempo, ele alega ter participado de um projeto secreto na qual se possibilita o deslocamento temporal, esse humano é louco ou está dizendo a verdade?
time-tunnel-585x306
Foto do filme " O Túnel do Tempo"

Bem quando você pensou que a campanha presidencial dos Estados Unidos não poderia ficar mais estranha, um ‘viajante do tempo’ anunciou sua candidatura, e baseia sua plataforma no fato de ter, alegadamente, visto Abraham Lincoln fazer seu Discurso de Gettysburg, bem como seu conhecimento do que irá acontecer em 2054.  Supere isto, Donald Trump!

O homem é Andrew Basiago, um advogado, o qual alega que sua viagem do tempo ocorreu na década de 1970, quando ele era jovem e participou do “Projeto Pegasus”, um suposto programa secreto do governo dos EUA, sob a DARPA (Defense Advanced Research Projects Agency)
Eles teriam treinado crianças junto com adultos, para que pudessem testar os efeitos mentais e físicos da viagem no tempo em crianças.

Basiago alega que a DARPA usou um teletransportador desenvolvido por Nikola Tesla, para enviá-lo até milhões de anos atrás, para o futuro, e para Marte, com um jovem chamado Barack Obama.  Seria esta informação suficiente para conseguir o seu voto?
Andrew Basiago.
Andrew Basiago: “Um Tempo para a Verdade”
Todo candidato presidencial precisa fazer promessas de campanha e o site de Basiago possui 100 promessas que ele irá manter se for eleito.  Dentro delas estão coisas como abrir os arquivos governamentais sobre tecnologias secretas de viagem no tempo, colocar o Bigfoot na lista de espécies em risco de extinção (ele diz ter visto o Sasquatch por duas vezes), acabar com o acobertamento sobre as visitas de OVNIs à Terra, revelar sobre a base secreta dos EUA em Marte, banir as chemtrails.  Para soar como um candidato mais convencional, ele também promete uma moratória na imigração, acabar como Obamacare (substituído por um sistema de saúde igual ao do Canadá) e dar um fim na fome e na falta de moradia.
Basiago alega ser ele na foto acima.

Basiago não possui nenhum financiamento bilionário, somente o Projeto Pegasus, do qual ele agora é líder, bem com sua página no Facebook.  Não perca tempo conferindo as pesquisas de opinião, porque ele não aparece em lugar algum.  E sim, ele sabe que suas ações são como as de um homem insano.  E quando foi que isto segurou alguém de concorrer para presidente?
“Reconheço que a verdade irá triunfar no final. Reconheço que algumas pessoas me vêem como um mentiroso, ou como um louco, ou eles estão invejosos por que não foram envolvidos.  Mas simplesmente estou compartilhando o que aconteceu para mim.  Terei uma certa quantidade de céticos, mas também terei um número de pessoas que crêem.”

Se ele esteve no futuro, já não saberia se iria vencer ou não?  Talvez ele saiba, e vencer não seja o objetivo principal de sua campanha de delator.  Afinal, Hilary Clinton também está prometendo um desacobertamento total dos arquivos governamentais secretos sobre os OVNIs.  Talvez ele esteja concorrendo para vice-presidente.

Fonte: OVNI Hoje

Incríveis fotos tiradas no momento certo.

Você não precisa ser um fotógrafo profissional para tirar a foto perfeita, basta conseguir pegar o momento certo. A foto da hora ideal vale mais do que a foto mais produzida de todas, pois a vida dos profissionais é a busca pelo momento certo.
As fotos abaixo capturaram a hora perfeita, resultado de um olho criativo e uma visão de fotógrafo. Acredite ou não, as fotos são puramente reais:

1. Caverna Son Doong, Vietnã

Fotos-Incriveis-1

2. Rastro do bombardeiro estratégico russo Tu-95MS

Fotos-Incriveis-2

3. Foto do ano da Surfer Magazine

Fotos-Incriveis-3

4. Floresta depois de acidente com alumínio na Hungria. O traço vermelho é o nível até o qual chegou a lama tóxica

Fotos-Incriveis-4

5. Poço de Jacob, Texas, EUA

Fotos-Incriveis-5

6. Foto de um mandril

Fotos-Incriveis-6

7. Um rosto num iceberg

Fotos-Incriveis-7

8. Camuflagem da empresa americana Realtree

Fotos-Incriveis-8

9. Barco no fundo de um rio seco, na República Tcheca

Fotos-Incriveis-9

10. Garoto trabalhando com pimentas, numa fazenda da Índia

Fotos-Incriveis-10
 

11. Antílope dá salto de quase 2m para se salvar

Fotos-Incriveis-11

12. Plantação de chá, na Argentina

Fotos-Incriveis-12

13. Divisão entre militares e civis, em estádio na Coréia do Norte

Fotos-Incriveis-13

14. Parque Nacional Zhangjiajie, na China. Serviu de inspiração para as paisagens do filme Avatar

Fotos-Incriveis-14

15. Monges budistas na Tailândia

Fotos-Incriveis-15

16. Água cristalinas do Lago Sameranger, nas Áustria

Fotos-Incriveis-16

17. Um operador de guindaste capturou uma bela vista de Xangai

Fotos-Incriveis-17

18. Águas cristalinas de uma lago na Malásia

Fotos-Incriveis-18

19. Resort na Ilha Margarita, na Venezuela

Fotos-Incriveis-19

20. Floresta de bambu, no Japão

Fotos-Incriveis-20

21. Cachoeira Baatara Goorge, no Líbano

Fotos-Incriveis-21

22. Inverno na Sérvia

Fotos-Incriveis-22

23. Sombra da mesa na perna de uma garota

Fotos-Incriveis-23

24. O artista chinês Liu Bolin trabalhando em seu projeto de técnicas de camuflagem criativa

Fotos-Incriveis-24

25. Aranha-Pavão

Fotos-Incriveis-25

26. Névoa em São Francisco, EUA

Fotos-Incriveis-26

27. Patos posando para uma foto divertida

Fotos-Incriveis-27

28. Lava de vulcão derramada no mar do Havaí

Fotos-Incriveis-28

29. Mergulho na Austrália

Fotos-Incriveis-29

 30. Um animal se escondendo muito bem



Fotos-Incriveis-30
Fonte: Tudo Interessante

segunda-feira, 20 de junho de 2016

History Channel divulga imagens de pé grande real.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/pt/f/f6/P%C3%A9_grande.jpg
Pé Grane (BigFoot)

Para Saber:
O Pé-grande (em inglês: Bigfoot; ou Sasquatch ou Caiola - termo derivado do halkomelem - um idioma do grupo linguístico salishan, natural do sudoeste da Columbia Britânica) é descrito como uma criatura na forma de um grande macaco que vive nas regiões selvagens e remotas dos Estados Unidos e Canadá. Reivindica-se que seria um animal aparentado do Iéti tibetano (o "Abominável Homem das Neves").
Em 2007 foi organizada uma expedição em busca de provas ou até mesmo do próprio pé-grande.[1] Mas nada foi encontrado.


Em 2014, o primeiro estudo feito pela comunidade científica, e revisado por vários investigadores, revela que os pelos recolhidos nos locais onde houve avistamentos do Pé-grande e do Abominável Homem das Neves (Yeti) pertencem a animais mundanos como lobos e ursos.

O History Channel divulga um vídeo onde uma equipe de caçadores capturaram um suposto Pé Grande vivo, são imagens impressionantes, será verdade? assista o video abaixo e tire as suas conclusões:



Fonte: YouTube.

Nasa descobre uma segunda lua na órbita da Terra.

Superlua
Nasa anunciou ter encontrado um asteroide que faz movimento parecido com o do nosso satélite ao redor da Terra
Uma nova Lua foi encontrada pela Nasa (Agência Espacial Americana) orbitando a Terra. A mini-lua é bem menor do que a única Lua que conhecíamos, e sua órbita é irregular. A imprensa internacional apelidou o novo corpo celeste de “mini-lua”, e a Nasa deu o nome oficial de 2016HO3. O Objeto já está na órbita da Terra há cerca de 100 anos, e deve permanecer nesse trajeto por mais muitos séculos.

No dia 27 de Abril, o pequeno satélite foi vista através do telescópio espacial Pan-STARRS 1, da Universidade do Havaí. Nossa nova Lua tem 36,5 metros de diâmetro, é redonda e a distância dele varia entre 38 e 100 vezes a distância da Terra. Com isso, o corpo celeste fica entre 14 milhões e 40 milhões de quilômetros do planeta.

O movimento de translação da mini-lua em torno do Sol dura 365,93 dias, que é praticamente o mesmo tempo que nosso planeta demora para fazer o mesmo movimento.
De acordo com a Nasa, o 2016HO3 gira em torno do nosso planeta há pelo menos um século e deve permanecer assim durante várias outras centenas de anos.

Conheça a rota de translação da mini-lua da Terra ao redor do sol

A Nasa comunicou nessa semana que um pequeno asteroide (chamado de HO3) que foi descoberto em uma órbita em torno do Sol que o mantém preso como um companheiro constante da Terra, e permanecerá assim durante os próximos séculos. Em outras palavras não se trata exatamente de uma lua, não só pelo tamanho diminuto mas também por ele não estar orbitando a Terra mas sim o Sol, o que ocorre é que ele segue uma órbita tão irregular que acaba se comportando como se orbitasse a Terra.

HO3 um pequeno asteroide que acompanha nossa terra.

Enquanto orbita o sol, este novo asteroide, chamado de HO3, parece circular em torno da Terra também. Sua distância é grande demais para que ele possa ser considerado um verdadeiro satélite de nosso planeta, mas é o melhor e mais estável exemplo até à data um outro corpo próximo à Terra, ou “quase-satélite.” A órbita da rocha é irregular, fazendo com que ela varie entre 38 e 100 vezes a distância da Lua principal do nosso planeta.
Na sua jornada anual ao redor do sol, o asteroide HO3 gasta cerca de metade do tempo mais perto do Sol do que a Terra e passa à frente do nosso planeta, fazendo-nos ficar para trás. Sua órbita também é inclinado um pouco, o que faz  com que ele suba e desça uma vez a cada ano através plano orbital da Terra. Com esse efeito, o pequeno asteroide é capturado em um dança com a Terra que vai durar centenas de anos.
Imagem acima mostra a órbita irregular da suposta nova lua da terra H03
A NASA afirma que possuí cerca de 120 pés (36,5 metros) e não mais do que 300 pés (91 metros) de largura, e provavelmente “orbita” a Terra por cerca de um século.

Por que tecnicamente H03 não é uma lua da Terra?

A definição básica de uma lua ou satélite natural é a de um corpo que esteja preso pela órbita do planeta, H03 não esta na órbita da Terra embora seja afetado pela gravidade de nosso planeta, e possui um tamanho muito pequeno, aproximadamente o de uma casa, se chamássemos isso de lua teríamos que tratar assim diversos asteroides que também orbitam nosso planeta ou mesmo a estação espacial internacional. O problema é que sem sensacionalismo não se vende a notícia.


Leia mais em: http://ciencia.me/IAB7

Fonte: Nasa

sexta-feira, 17 de junho de 2016

Asteroide “com pirâmide” em sua superfície rumo à Terra


Asteroide com pirâmide negra sobre sua superfície vem chegando rumo à Terra
O satélite canadense Neossat captou imagens de um asteroide incomum que está se aproximando da Terra. O descomunal objeto tem uma estrutura jamais vista (muito maior do que o maior porta aviões já fabricado) em outros asteroides, aparenta ter uma pirâmide negra sobre a sua superfície, descoberta apenas em 29 de junho de 2014….



Asteroide “com pirâmide NEGRA” sobre sua superfície ruma à Terra e aparentemente esta sendo inteligentemente conduzido, já tendo “corrigido sua rota várias vezes“.

Segundo o International Business Times, que alega a Organização de Estudos Espaciais da Índia (Indian Space Research Organisation – ISRO, na sigla inglesa), que analisou as imagens do satélite canadense, o Asteroide 1999 RQ36 tem sobre a sua superfície o que aparenta ser uma pirâmide NEGRA.
Porém, a própria ISRO não comentou nada sobre o assunto, e no seu site  nada consta do “asteroide dos extraterrestres”. Contudo, o vídeo de 1 minuto e 34 segundos publicado no YouTube e que vocês podem assistir a seguir, leva a sigla da ISRO.
          

A aparente construção anômala atraiu o interesse dos ufólogos, que não descartam a opção de que o asteroide esteja sendo teleguiado por extraterrestres, devido a repetidas  correções do seu rumo espacial.
Segundo a mídia, a pirâmide no corpo celeste foi descoberta pela ISRO em 29 de junho de 2014. O próprio asteroide é conhecido desde 1999. Várias fontes comentam que dentro de 170 anos aproximadamente, o 1999 RQ36 estará se aproximando de nosso nosso planeta.
O Asteroide 1999 RQ36 é um asteroide Apollo descoberto pela LINEAR em 11 de setembro de 1999. O asteroide é o alvo planejado da missão OSIRIS-REx, que vai retornar à Terra com algumas amostras para um estudo aprofundado.Ele possui um grande potencial de atingir a Terra e está listado na Tabela de Risco Sentry.
meteoro-meteorito-asteroide
Isso quer dizer que o seu diâmetro é de aproximadamente 500 metros e é observado extensivamente com o radar planetário do Arecibo Observatory, e o Deep Space NetworkGoldstone. Um recente estudo dinâmico feito por Andrea Milani e seus colaboradores localizaram uma série de oito impactos potenciais na Terra entre 2169 e 2199. Postado em dezembro 2015

Fonte: Thoth3126

NASA faz revelação bombástica sobre o céu e a superfície de Plutão

A Terra não é o único planeta com um lindo céu azul! A sonda New Horizon transmitiu as primeiras imagens coloridas da atmosfera de Plutão, e a NASA confirmou: Plutão tem o céu azul, assim como aqui na Terra! E essa não foi a única descoberta recente...

A imagem foi feita pela New Horizons no dia 14 de julho de 2015, e mostra o lado noturno de Plutão, com a luz solar iluminando sua circunferência e revelando uma linda atmosfera azul.


Plutão tem céu azul
Imagem feita pela sonda New Horizons em julho de 2015 mostra o lado noturno de Plutão, revelando sua atmosfera azul. Créditos: NASA / New Horizons / SwRI

"Quem esperaria por um céu azul no Cinturão de Kuiper?!" diz Alan Stern, principal investigador da missão New Horizons. "É lindo."

Carly Howett da equipe de ciência da missão New Horizons explica o fenômeno: -"Um céu azul muitas vezes resulta da dispersão da luz solar por partículas muito pequenas. Na Terra, essas partículas são moléculas de nitrogênio, mas em Plutão, parecem ser partículas de fuligem, conhecidas como tholins...".

O termo "tholin" foi cunhado por Carl Sagan e Bishun Khare para descrever substâncias orgânicas obtidas nos experimentos de Miller-Urey, através de misturas de gases semelhantes a atmosfera de Titã, lua de Saturno. Em Plutão, os tholins se formam na alta atmosfera, onde a luz solar UV rompe as moléculas de nitrogênio e metano. Os fragmentos se recombinam para formar macromoléculas complexas. Estas macromoléculas continuam a combinar e crescer, até se tornarem "tholins".

Ironicamente, os tholins em si não são azuis, mas são os responsáveis por espalhar a luz azul. Podemos ver a cor real desses tholins quando se acumulam no chão: cinza ou vermelho. E claro, Plutão também possui tholins acumulados em sua superfície. Acredita-se que a grande coloração vermelha não uniforme de Plutão seja um resultado de uma chuva dessas delicadas partículas atmosféricas do planeta anão.

A segunda grande descoberta que foi revelada pela NASA recentemente, é que existem formações de gelo de água na superfície de Plutão. A sonda New Horizons detectou diversos pontos congelados, e os cientistas perceberam que tratava-se de água após analisar os dados coletados em um mapeamento espectral de composição, feitos pelo instrumento Ralph.

Gelo de água em Plutão
Imagem feita pela sonda New Horizons mostra uma região repleta de gelo de água, chamada Virgil Fossa. A foto abrange uma área de aproximadamente 450 km. Créditos: NASA / New Horizons / SwRI

Ou seja, pra entender como seria estar na superfície de Plutão, basta imaginar que estamos em um lugar muito gelado (congelante), ligeiramente parecido com o polo norte da Terra, mas com aparência um pouco avermelhada, talvez parecida com a de um grande deserto com um céu azul belíssimo! Talvez até mais azul do que o céu que estamos acostumados... Seria uma visão e tanto!



Fonte: NASA
Imagens: (capa-ilustração/Richard Cardial/Galeria do Meteorito) / NASA / New Horizons / SwRI

Custom Search