loading...

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

O enigma de Puma Punku: ele pode te fazer mudar de ideia sobre ETs...


Puma Punku significa “A Porta da Puma” no idioma Aymara, e faz parte de um enorme complexo de templos em Tiwanaku, que é um dos mais importantes sítios arqueológicos da Bolívia.

Mas só de olhar as ruínas de Puma Punku já ficamos intrigados e não conseguimos entender como tudo aquilo foi construído por uma civilização que ainda não conhecia nem a roda.

As construções superam as pirâmides do Egito em sua complexidade: são feitas de rochas super resistentes, como o arenito e o andesito, que mesmo hoje em dia, são difíceis de cortar com os nossos modernos equipamentos.

Os cortes são ultra-precisos e parecem até que foram feitos a laser, com ângulos retos perfeitos e blocos que parecem ter sido cortados em série, e se encaixam milimetricamente, sem nenhuma falha ou mínima fenda, como em uma construção pré-fabricada, ou um grande 'Lego'! 

Puma Punku possui um exagero de formas geométricas perfeitas, superfícies polidas e entalhes precisos. Não parecem (de jeito nenhum) que foram feitos por uma civilização antiga.


No entanto, cientistas acreditam que foram utilizados métodos um tanto simples pra sua construção.
Cortes e encaixes milimetricamente precisos

Os pesquisadores não conseguem explicar definitivamente como tudo foi feito, afinal, as civilizações da época não costumavam utilizar ferramentas mais sofisticadas do que cinzel (um tipo de talhadeira) e martelo.

Com essas ferramentas eles até poderiam, com muito esforço, cortar as pedras de arenito, mas não conseguiriam nem lascar o andesito, que é muito mais resistente. E pra complicar ainda mais, as rochas foram cortadas com precisão cirúrgica, aplainadas perfeitamente e se encaixam milimetricamente, algo que mesmo com nossa tecnologia atual seria muito difícil de fazer ...

Bloco perfeitamente aplainado

Claro que todo esse mistério é um "prato cheio" pras teorias envolvendo ETs! São várias hipóteses levantadas, e a teoria mais popular, que poderia explicar melhor toda essa história, se baseia nos livros do famoso escritor Erich von Däniken, que é praticamente um "guru" dos entusiastas de extraterrestres.

A ideia é que astronautas alienígenas teriam visitado a Terra há milênios atrás, e provavelmente até interagido com os antigos povos, inspirando direta ou indiretamente, a maior parte das religiões, templos e crenças das civilizações antigas do mundo todo, desde os egípcios antigos até as culturas pré colombianas.

Livros os escritor Von Daniken: Carruagens dos Deuses, Odisséia dos Deuses e Deuses do espaço exterior

Já os cientistas mais tradicionais tentam explicar Puma Punku de uma forma mais simples: eles encontraram evidências de ferramentas que seriam feitas de uma liga metálica de níquel e arsênico, que seriam capazes de cortar as pedras. Também conseguem explicar parcialmente outros detalhes intrigantes, como o transporte das pedras e como a construção teria sido feita basicamente.

Porém são muitas lacunas ainda abertas e sem explicação: a precisão dos cortes, o encaixe perfeito (que mesmo hoje seria quase impossível fazer), os entalhes precisos, as pedras de superfície polida perfeitamente que brilham como metal... esses e outros mistérios de Puma Punku ainda não foram revelados através da ciência tradicional.


Testes de carbono apontam que a construção deve ter ocorrido entre 300 d.C. e 500 d.C, mas até isso é alvo de controvérsias. Quem quer que tenha construído Puma Punku conseguiu intrigar o mundo até hoje, e no fim, tudo é tão misterioso que fica mesmo fácil querer apelar a ideias mais "exóticas" pra explicar tudo. E você, apostaria em civilizações esforçadas e inventivas ou em construtores ETs que vieram nos visitar?

Fonte: Curto e Curioso

0 comentários:

Postar um comentário

Custom Search