loading...

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Os gatos podem ser espiões alienígenas?

Se você segurar as orelhas de um gato para trás e descrever o que vê, é uma combinação perfeita do clássico ‘alienígena gray‘, com seus olhos em forma de amêndoa, boca pequena e nariz pequeno.
Há certamente algo estranho sobre gatos domésticos, mas poderia ser, como algumas pessoas começaram a sugerir, que os felinos domésticos são espiões enviados por alienígenas para registrar o comportamento e as ações dos seres humanos? Embora isso tudo pareça um pouco exagerado, há muitas evidências estranhas que parecem apoiar esta conclusão chocante.

O ponto de partida desta teoria vem dos antigos egípcios. Registros documentados e restos fossilizados parecem sugerir que foi nessa antiga civilização que apareceu o primeiro gato doméstico.

De acordo com muitas pessoas que viviam na sociedade, os gatos eram presentes dos deuses, e eles mereceram ser tratados como tal. A lei egípcia antiga tem alguns regulamentos estritos relativos ao tratamento de gatos e a punição por matar um deles era a morte.

Na vida cotidiana, os gatos eram amados por seus donos, lamentados como membros da família quando morriam até o ponto em que foram embalsamados e mumificados como um ser humano.

Havia cemitérios especiais de gatos ao longo das margens do Nilo, onde podiam descansar. Além disso, havia uma mitologia forte relacionada com a deusa do gato, Bastet, que foi venerada como a deusa da alegria e do amor.

Os cientistas modernos estão tão admirados quando se trata de gatos quanto as pessoas do antigo Egito. Isso ocorre porque os gatos têm uma anatomia muito distinta e desconcertante, que levou algumas pessoas a acreditarem que ela foi construída em algum lugar fora da Terra.

Um dos aspectos mais estranhos da fisiologia do gato é que ninguém sabe como eles podem ronronar, considerando que eles não possuem um órgão específico que permita essa ação. A teoria dominante neste momento é que os gatos têm um oscilador neural rítmico e repetitivo localizado em algum lugar em seu cérebro, o que desencadeia os músculos laríngeos, fazendo com que eles vibrem a uma velocidade de entre 25 e 100 vibrações por segundo. Esta ação causa a separação dos cabos vocais, resultando no ronronar. No entanto, esta é apenas uma teoria e os cientistas ainda não sabem se a oscilação neural existe. Será que o ronronar de gatos é desencadeado por uma função biológica não evidente em criaturas terrestres?

Outra coisa incomum sobre os gatos é a sua extraordinária resiliência em situações fisicamente exigentes. Talvez a coisa mais incrível sobre a capacidade deste felino sobreviver é como um gato que cai livre pode pousar em seus pés, mesmo depois de cair de uma grande altura. De acordo com Destin Sandlin, engenheiro mecânico e testador de foguetes, essa habilidade extraordinária parece desafiar a lei física da conservação do momento angular. Isso levou os cientistas que trabalham em foguetes espaciais examinarem a queda livre de gatos para aperfeiçoar a tecnologia do telescópio espacial.

Eles descobriram que os gatos em queda livre arqueavam suas costas, retraíam as pernas e giravam seus corpos ao longo de dois eixos de rotação separados, permitindo que eles pousassem ilesos. Embora isso não viole a lei da física por si própria, é uma façanha incrível da destreza que os seres humanos não conseguem desempenhar sem o uso de tecnologia muito sofisticada. Isso levou alguns a sugerirem que os gatos foram programados com essa habilidade extraordinária por uma raça alienígena avançada.

Embora nada disso possa ser uma prova definitiva de que os gatos sejam seres alienígenas, isto basta para convencer as pessoas de que os gatos são certamente as criaturas mais estranhas deste planeta.

(Fonte)

Loading...

0 comentários:

Postar um comentário

Custom Search