NerdTecnoGeek

Ciência, Tecnologia e Mistérios.

Física

A mais bela das Ciências.

Mistérios

Os Mistérios do mundo e do Universo apresentados aqui.

Eletrônica

Kits de projetos eletrônicos para todas as finalidades.

loading...

quarta-feira, 28 de março de 2018

Maser, o pai do laser, finalmente a temperatura ambiente e contínuo

Este é o primeiro MASER contínuo que funciona a temperatura ambiente. [Imagem: Jonathan D. Breeze et al. - 10.1038/nature25970]

O maser - a versão de micro-ondas do laser - está finalmente pronto para ser usado mais amplamente em uma variedade de aplicações.

O maser (sigla em inglês para amplificação de micro-ondas por emissão estimulada de radiação) foi inventado em 1954. No entanto, ao contrário dos lasers, que se generalizaram, os masers são muito menos utilizados porque, para funcionar, eles precisam ser resfriados a temperaturas próximas do zero absoluto (-273º C).

Agora, acaba de ser criado um maser que funciona continuamente a temperatura ambiente - graças aos diamantes.

Diamante quântico
Em 2012, uma equipe britânica demonstrou que um maser pode operar a temperatura ambiente usando a molécula orgânica pentaceno. No entanto, o protótipo produziu apenas rajadas curtas de radiação maser, com duração de menos de um milésimo de segundo - se o maser orgânico for posto para operar continuamente, o cristal orgânico derrete.

Masers pulsados podem ser tão úteis quanto lasers pulsados, mas um sistema que possa emitir luz contínua é mais versátil.

Jonathan Breeze, trabalhando com a mesma equipe do Imperial College de Londres que fabricou o maser pulsado em 2012, foi encontrar a solução em um diamante sintético cultivado em uma atmosfera rica em nitrogênio.
Átomos de carbono foram arrancados do diamante usando um feixe de elétrons de alta energia, criando espaços conhecidos como vacâncias. O diamante foi então aquecido, o que permitiu que os átomos de nitrogênio e as vacâncias de carbono se unissem, formando um tipo de defeito conhecido como vacância de nitrogênio - é o mesmo processo usado para criar qubits no diamante para os computadores quânticos.

Maser contínuo a quente
Quando foi colocado dentro de um anel de safira, para concentrar a energia das micro-ondas, e iluminado pela luz de um laser verde, o diamante produziu um maser que opera continuamente e a temperatura ambiente - os masers foram originalmente construídos com rubis, que exigem um resfriamento criogênico para gerar o "masing", mas o diamante sintético dispensou o frio.
"Este avanço abre caminho para a adoção generalizada dos masers e abre as portas para uma ampla gama de aplicações que estamos ansiosos para explorar. Esperamos que o maser desfrute agora de tanto sucesso quanto o laser," disse Breeze.

Os masers podem ser usados em uma variedade de aplicações, como imagens médicas e varreduras de segurança, sensores para detectar produtos químicos remotamente, dar suporte à tecnologia dos computadores quânticos e até melhorar os métodos de comunicação espacial e ajudar a encontrar vida em outros planetas.
(Fonte)

Loading...

Enormes estruturas nas nuvens, a grande altitude, são fotografadas por passageiro de voo comercial

Um passageiro de um voo comercial alega ter tirado fotos de enormes estruturas em nuvens a grande altitude do solo. Veja:
O passageiro do avião declarou:
Em 18 de fevereiro de 2018 eu estava em um voo, em direção a Fort Lauderdale, perto de Louisiana, e quando sobrevoava o Golfo, vi algo interessante após uma hora e meia de voo, a uma altitude de cerca de 39.000 pés (11.900 metros).
O piloto me disse que as nuvens abaixo de nós no avião estavam de 6 a 10 mil pés de altitude (1.800 a 3.000 metros).
Então, o que é estranho, eu vi uma espécie de grandes estruturas com antenas gigantes ou chaminés, algo grande o suficiente para fazer as nuvens parecerem uma esteira de um barco passando por elas.
No começo eu pensei que as estruturas fossem plataformas de petróleo, mas essas plataformas estão apenas 200-400 pés (60 a 120 metros) acima do nível do mar, mas eu pude ver as plataformas de petróleo mais adiante na minha viagem e elas eram pequenos em comparação. Então, eu estou descartando essa explicação

Se sabemos que a estrutura mais alta feita pelo homem é a torre Burj Khalifia, em Dubai, então eu me pergunto, o que são essas estruturas extremamente altas acima do Golfo, enormes o bastante para fazer grandes ‘nuvens’ nos padrões de nuvens?
(Fonte)

Loading...

Possível estrutura artificial encontrada em Marte pode estar mostrando indícios de antiga civilização


Marte continua a surpreender os caçadores de OVNIs em todo o mundo, que estão convencidos de que o Planeta Vermelho já foi habitado, e a evidência está bem aqui.

Graças às inúmeras imagens transmitidas de volta pelos jipes-sonda Curiosity e Opportunity da NASA, conseguimos explorar Marte como nunca antes.

Apesar do fato de termos aprendido muito sobre Marte, que era um planeta estranhamente semelhante à Terra, com rios, lagos, oceanos e até mesmo uma atmosfera, há muitos mistérios que esperam ser revelados.

Depois de passar por uma grande quantidade de imagens postadas pela NASA em seus arquivos on-line, caçadores de OVNIs afirmam ter visto uma misteriosa estrutura ‘artificial’ em Marte. Mais precisamente, eles dizem que viram uma estátua em Marte. E não apenas uma estátua, a estátua de um ‘antigo deus alienígena’. Um vídeo postado pelo usuário do YouTube UFOvni2012 levanta uma série de perguntas sobre determinadas características na superfície marciana.

Mas seria verdade que havia uma civilização em Marte, ou essa imagem é apenas mais uma das inúmeras imagens de Marte que só se parecem com algo familiar, porque nosso cérebro nos engana?
Se você perguntar ao Dr. John Brandenburg, um ex-funcionário da NASA, há mais em Marte do que nos disseram, e os caçadores de OVNIs que afirmam ter descoberto estruturas artificiais em Marte não são loucos.

Dr. John Brandenburg, um físico de plasma que obteve seu diploma na Universidade da Califórnia, e que, aparentemente, teve uma carreira distinta como cientista, argumenta que a vida marciana foi destruída com armas nucleares;
Descobriu-se que o xenon de Marte é muito parecido com o componente da atmosfera da Terra, produzido pelos programas de armas nucleares da Terra, tanto em testes de bomba de hidrogênio quanto da produção de plutônio, que envolvem grandes quantidades de fissão com nêutrons rápidos…
Também, Albert ‘Bert’ Newton Stubblebine III, um general de divisão do Exército dos Estados Unidos, cuja carreira de serviço ativo durou 32 anos, também falou sobre Marte e o que realmente está lá.

Albert ‘Bert’ Newton Stubblebine é creditado com o remodelamento da arquitetura de inteligência do Exército dos EUA durante seu tempo como comandante geral do Comando de Segurança e Inteligência do Exército dos EUA (sigla em inglês, INSCOM) de 1981 a 1984, logo após se aposentando do serviço ativo.
De acordo com General Stubblebine:
Existem estruturas na superfície de Marte. Eu vou contar, para registro, que existem estruturas embaixo da superfície de Marte que não podem ser vistas pelas câmeras Voyager, que passaram por lá em 1976. Também informo que existem máquinas na superfície de Marte, e que há máquinas sob o superfície de Marte que você pode observar, você pode descobrir em detalhes, você pode ver o que são, onde elas estão, quem são e muitos detalhes sobre elas. ‘- Dolan, Richard. UFOs e The National Security State: Nova York: Richard Dolan Press (fonte 2)
As declarações feitas acima realmente fazem você se perguntar se é realmente possível que algum tipo de inteligência existiu em Marte no passado distante, e como, afinal, nem tudo é pseudociência.
É por isso que a seguinte imagem obtida em Marte é considerada como uma das muitas pistas que prova que a superfície de Marte está coberta por antigas ruínas de uma antiga civilização antiga.

Aqui está o link para a imagem original, no site da NASA: https://mars.jpl.nasa.gov/msl-raw-images/msss/01452/mcam/1452ML0071850040602948E01_DXXX.jpg

(Fonte) 


Loading...

Usuários do Twitter estão recebendo estranhas mensagens falando sobre uma possível invasão alienígena/fim do mundo


Crédito: DailyStar
Aqui está uma notícia um tanto bizarra que está sendo publicada no Reino Unido.  A notícia não só fala sobre uma invasão extraterrestre, mas também pode estar associando tudo ao voo MH370 da Malaysian Airlines.


Misteriosas mensagens de voz robóticas estão sendo deixadas nos telefones celulares de usuários do Twitter, no alfabeto fonético da OTAN – e algumas até mencionam Stephen Hawking.

As mensagens incluem um código estranho que as pessoas têm lutado para quebrar.
Muitos afirmam que poderiam ser uma pista sobre o que aconteceu com a aeronave desaparecida, a verdade sobre alienígenas e a data exata do fim do mundo.
O código foi traduzido como:

S Perigo SOS é imprescindível para que você evacue tome cuidado eles não são humanos 042933964230 SOS Perigo SOS.
Alguns afirmaram que os números são um conjunto de coordenadas que, quando colocadas  no Google Maps, levam a locais na África e perto da Malásia.

Outros especularam que estava perto de onde o voo MH370 da Malaysian Airlines desapareceu do radar, apoiando a teoria que aquele voo teve um encontro alienígena.
Vários outros já receberam uma versão mais longa da mensagem.
A versão estendida acrescenta:

Isto não é um teste, isto não é uma piada. Nos últimos anos, temos desejado enviar uma mensagem de voz automatizada para pessoas que entendam e não têm medo.
Uma mensagem por vez fará com que muitos saibam a verdade. A verdade que outros seres biológicos têm andado na criação suprema que sustenta a vida. Terra.
Mas à medida que o caos vem ao seu planeta, devemos nos mostrar para provar que existem diferentes maneiras de manter a paz. Muitos não concordam com o que dizemos, então eles podem nos caçar.
Vamos nos tornar conhecidos com o melhor de nossas maiores capacidades. Limpe seu espaço aéreo para “consequências seguras”.
O recado parece ter começado com um usuário do Twitter chamado Ty, sem interesse prévio aparente nas teorias da conspiração.

Em 13 de março, ele postou a gravação mais curta, pedindo ajuda para traduzi-la.
Seu post recebeu mais de sete milhões de visitas e ele ganhou mais de 40.000 seguidores extras.
Poucos dias antes de postar a mensagem, ele twittou que um homem estranho passou pela sua casa às três da manhã e fotografou com um flash.


Ele acredita que os eventos assustadores podem estar conectados.
Sua conta do Twitter, desde então, tornou-se privada.
Desde então, várias outras pessoas afirmaram ter recebido a mesma mensagem ou a mais longa.
A mensagem provocou uma enxurrada de teorias da conspiração sobre o que era o aviso.
O usuário do Twitter, Gio de Loera, disse:

Você está dizendo que o Vôo 370 da Malásia encontrou algo não-humano?
Alguns usuários decifraram o código com uma mensagem estranha sobre o falecido cientista Stephen Hawking.
Ela supostamente disse:

Eles estão assumindo o controle.
A mensagem recebida está bem relacionada com a morte de Stephen Hawking, você não está pronto para enfrentá-los.
Muitos disseram que as sequências numéricas dão em 18 de abril deste ano como o dia do julgamento, arrebatamento ou a “tomada de controle pelos alienígenas”.
(Fonte)

Loading...

terça-feira, 20 de março de 2018

Criatura misteriosa aparece em praia nos Estados Unidos (com vídeo)


Uma criatura marinha misteriosa apareceu na praia, na ilha de St. Simons (estado da Georgia, EUA) e deixou os amantes da praia coçando suas cabeças.

Jeff Warren e seu filho estavam no Refúgio Nacional da Vida Selvagem na Wolf Island (Ilha do Lobo), logo ao norte da Ilha de St. Simons, na Geórgia, na sexta-feira (16), quando chegaram à criatura em uma ilha de barreira.
Warren achou que era uma foca morta, mas disse que quando olhou mais de perto parecia mais com o monstro do Lago Ness.

Warren enviou a foto para a estação de TV News4Jax e disse que a criatura tinha cerca de 4 a 5 pés (1,20 a 1,50 metros) de comprimento, com duas barbatanas, embora apenas uma possa ser vista na imagem.
A criatura tem dentes pequenos, cerca de 3,2 milímetros de comprimento.
Esta criatura é um monstro marinho ou apenas um peixe de formato estranho? Por enquanto, continua sendo um mistério.

Poderia este mistério ser solucionado?
Um escritor local e um romancista contatou a News4Jax dizendo acreditar que a misteriosa criatura marinha se parece exatamente com o lendário Altamaha-ha, um monstro do rio Altamaha localizado ao oeste da Ilha do Lobo. Taylor Brown, autor do ‘The River of Kings‘, diz que cresceu na Ilha St. Simons e ouviu histórias sobre a criatura do mar, conhecida como sobrevivente da Era Mesozóica.

Taylor acrescentou que ‘Altie’, como é comumente referido, ainda nada em um pedestal perto do centro do visitante de Darien, na Geórgia, pedindo aos viajantes interestaduais que parem para uma visita. Há também uma réplica em tamanho real no centro de visitantes.


(Fonte)

Loading...

segunda-feira, 19 de março de 2018

Estruturas artificiais são reveladas na Antártica, após gelo derreter


Uma civilização antiga pode ter vivido na Antártica, dizem alguns especialistas, depois do derretimento do gelo revelar estruturas de aparência artificial sob o gelo.

À medida que as placas de gelo da Antártica continuam a derreter, os especialistas acreditam que a sua diminuição revelou uma verdade misteriosa no polo sul.

Imagens de satélite da NASA mostram um possível assentamento a cerca de 2,3 quilômetros abaixo da superfície gelada.

As imagens mostram marcas estranhas na neve que parecem ser fabricadas, e como se as estruturas ainda estivessem lá.

O arqueólogo, Ashoka Tripathi, do Departamento de Arqueologia da Universidade de Calcutá, acredita que as imagens são evidências de um antigo assentamento humano.
Ele disse:
Estas são claramente características de algum tipo de estrutura humana, que se assemelha a algum tipo de estrutura piramidal.
Os padrões mostram claramente o que não devemos esperar de formações geomorfológicas naturais encontradas na natureza. Claramente temos aqui evidências de engenharia humana.
O único problema é que essas fotografias foram tiradas na Antártica sob 2 quilômetros de gelo. Essa é claramente a parte intrigante, não temos nenhuma explicação para isso no momento.
Essas imagens refletem apenas uma pequena porção da massa total da Terra na Antártida. Existem possivelmente muitos outros sítios adicionais cobertos de gelo.
Isso simplesmente mostra-nos como é fácil subestimar o tamanho e a escala dos assentamentos humanos do passados.
Uma das teorias é que a Antártica nem sempre foi tão fria e coberta de gelo.
Um antigo mapa, que remonta aos anos 1500, parece mostrar o litoral da Antártida em detalhes sem precedentes.
O mapa foi creditado ao almirante turco Piri Reis
Mapa de Piri Reis

Talvez o item mais significativo no mapa seja a representação da Antártica – apesar da Antártica não ter sido oficialmente descoberta até 1773 pelo capitão James Cook.
Mas ainda mais desconcertante é que o mapa mostra o continente congelado muito mais para o leste do que hoje e com menos cobertura de neve e gelo.
Apesar de numerosos estudos concluindo que a última vez que a Antártida poderia ter estado livre de gelo foi em 4.000 A.C, mesmo o Esquadrão Técnico de Reconhecimento da Força Aérea dos Estados Unidos (SAC) acreditava que o mapa misterioso ‘indica que o litoral havia sido mapeado antes de ser coberto pelo calota de gelo’.
Historiador e cartógrafo da Universidade de Cambridge, Christopher Adam, disse:
Uma das histórias dos mapas mais enigmáticos é a do almirante turco Piri Reis em 1513 D.C., que mapeou com sucesso o litoral da Antártica há mais de 500 anos.
O que é mais fascinante sobre este mapa é que mostra o litoral da Antártica sem gelo. Como isso é possível quando as imagens do litoral subglacial da Antártica só foram vistas pela primeira vez após o desenvolvimento do radar penetrante no solo em 1958?
Seria possível que a Antártida nem sempre tenha sido coberta por tal camada de gelo? Isso pode ser uma prova de que esta é uma possibilidade.
Uma ligeira mudança de polo ou deslocamento do eixo de rotação da Terra nos tempos históricos é, possivelmente, a única explicação racional que vem à mente, mas definitivamente precisamos de mais pesquisas feitas antes de saltar para qualquer conclusão ‘.
(Fonte)
Loading...

Anomalia encontrada abaixo da África poderá causar a inversão dos polos


Segundo os cientistas, essa anomalia misteriosa poderia ser um precursor da inversão dos pólos da Terra.

Novos estudos científicos encontraram algo bastante alarmante.
O campo magnético da Terra está dramaticamente enfraquecendo. Conforme observado por uma nova pesquisa, a ruptura do campo magnético da Terra faz parte de um padrão que existe nos últimos 1.000 anos.

E, embora os especialistas sabiam que o campo magnético da Terra tem enfraquecido ao longo das décadas, de todos os lugares do planeta, uma região da África sofre uma anomalia mais perigosa do que o resto.

Nosso planeta está envolvido em um campo magnético bipolar que se origina no núcleo do planeta.
Este campo se move à medida que o núcleo flui e, após longos períodos geológicos, os polos da Terra podem mudar de posição, enquanto o norte magnético se move para o sul (e vice-versa).

Este é um processo que pode durar até milhares de anos, e a última vez que aconteceu foi cerca de 780.000 anos atrás.
Alguns pesquisadores dizem que devemos estar preocupados.

Mas por que exatamente?
Bem, se os polos da Terra realmente mudam, o principal problema é que, durante o processo, a intensidade do campo magnético que protege nosso planeta da radiação solar variará mais do que o normal. Os cientistas temem que, durante esta ocorrência, o campo magnético do planeta possa permitir que a radiação mais perigosa do espaço penetre na camada protetora, causando problemas na superfície do planeta.

A partir de agora, não temos ideia de quando a inversão poderá ocorrer, especialmente devido à falta de dados.

No entanto, os pesquisadores passaram anos estudando uma série de pistas que podem ajudar a prever essa inversão hipotética, tanto quanto possível.

Este estudo apontou especialistas para uma parte na Terra que é preocupante. Referida como a Anomalia do Atlântico Sul: uma área maciça que se estende desde o Chile até o Zimbábue.
Cientistas dizem que o campo é tão fraco dentro da anomalia que é perigoso para os satélites entrarem em contato com ela, uma vez que a radiação adicional que ele deixa passar pode interromper dispositivos eletrônicos.

“Sabemos há bastante tempo que o campo magnético vem mudando, mas realmente não sabíamos se isso era incomum para esta região em uma escala de tempo mais longa, ou se era normal”, diz o físico Vincent Hare da Universidade de Rochester, em Nova York.

No entanto, a evidência do enfraquecimento do campo magnético da Terra e a possível inversão dos polos é escassa, principalmente devido à falta de dados arqueomagnéticos: evidência física do magnetismo no passado da Terra, preservada nas relíquias arqueológicas dos tempos antigos.

De acordo com um estudo recente, há cerca de 1000 anos, os povos bantus realizaram rituais em tempos de dificuldades ambientais.

Durante períodos de seca, eles queimavam suas cabanas de argila e grãos, em um ritual de limpeza sagrada para fazer com que as chuvas retornassem, sem saberem que realizaram um tipo de trabalho de campo científico para pesquisadores séculos mais tarde.

‘Quando você queima argila em temperaturas muito altas, você realmente estabiliza os minerais magnéticos, e quando esfriam a partir dessas temperaturas muito altas, eles bloqueiam um registro do campo magnético terrestre’, uma equipe,
O geofísico John Tarduno explica:
Estávamos procurando por comportamento recorrente das anomalias, porque pensamos que é o que está acontecendo hoje e causando a Anomalia do Atlântico Sul.
Encontramos evidências de que essas anomalias ocorreram no passado, e isso nos ajuda a contextualizar as mudanças atuais no campo magnético.
O fato de que os antigos queimavam suas cabanas de argila e grãos permitiu que os especialistas descobrissem que o enfraquecimento da chamada Anomalia do Atlântico Sul não é um fenômeno autônomo na história, pois flutuações semelhantes foram ‘registradas’ em 400-450 D.C., 700-750 D.C. e 1225-1550 D.C.

Além disso, como observado pelo Science Alert, o fato de que há um padrão, nos diz que a posição da Anomalia do Atlântico Sul não é um acaso geográfico.

“Estamos obtendo evidências mais fortes de que há algo incomum sobre o limite do núcleo-manto sob a África, que poderia ter um impacto importante no campo magnético global”, diz Tarduno.
(Fonte)


Loading...

quarta-feira, 14 de março de 2018

Anomalia Magnética do Atlântico Sul se desloca e cobre todo Brasil

Um novo mapa mostra que a anomalia magnética está centrada sobre São Paulo, se deslocando suavemente em sentido noroeste. Além disso, sua área de atuação está cada vez maior e já cobre todo o Brasil e atinge a costa do continente africano.
Intensidade do campo magnético da Terra como registrado pelo satélite europeu SWARM, em 2015. As áreas vermelhas representam locais onde o campo magnético é mais forte, enquanto as áreas azuis retratam diminuição na intensidade
Os dados para elaboração do estudo, publicado recentemente pelo Journal Space Weather Quarterly, foram coletados pelos satélites de orbita polar do programa militar DMSP (Defense Meteorological Satellite Program), que registraram os prótons de alta energia a uma altitude de 800 km.

O que é Anomalia Magnética do Atlântico Sul?
A Anomalia Magnética do Atlântico Sul, AMAS é uma espécie de depressão ou achatamento nas linhas no campo magnético da Terra acima de toda a América do Sul, mas é mais pronunciada no Sudeste e Centro-Oeste Brasileiros.

Sua causa é o desalinhamento entre o centro do campo magnético e o centro geográfico do planeta, deslocados entre si por cerca de 460 km no sentido sul-norte.

Cinturão de Van Allen
A AMAS foi descoberta em 1958 e não é fixa. Seu formato e dimensões sofrem alterações ao longo do tempo, principalmente devido ao deslocamento dos polos magnéticos aliado ao enfraquecimento do campo de modo global.

Devido ao campo magnético ser mais fraco, as partículas vindas do cinturão de Van Allen se aproximam mais da alta atmosfera desta região, o que torna os níveis de radiação cósmica em grandes altitudes mais altos nesta zona.

Embora os efeitos na superfície sejam praticamente desprezíveis, já que a atmosfera bloqueia a radiação, a AMAS afeta fortemente satélites e outras espaçonaves que orbitam algumas centenas de quilômetros de altitude.

Satélites que cruzam periodicamente a AMAS ficam expostos durante vários minutos à intensa dose de radiação e necessitam de proteção especial. A Estação Espacial Internacional, por exemplo, é dotada de um escudo especialmente desenvolvido para bloquear as radiações.

Novo Estudo
O estudo revelou que a AMAS está se deslocando cerca de 0,16 grau ao ano em sentido norte e 0,36 grau no sentido oeste e atualmente é mais intensa acima do Estado de São Paulo, mas inclui grande parte do Paraguai, Uruguai e norte da Argentina.
Mapa mostra os contornos de atuação da AMAS, atualmente centrada sobre a Região Sudeste do Brasil, notadamente sobre São Paulo.
O estudo também mostrou uma variação sazonal: na média, a AMAS é mais intensa nos meses de fevereiro e entre setembro e outubro. Um desses máximos coincide com o equinócio, mas os outros não e isso não é perfeitamente compreendido pelos autores da pesquisa.

Segundo o paper, o ciclo solar influi no padrão e intensidade da AMAS e revela uma anti-correlação com as manchas solares.

"Durante os anos de alta atividade, sem emissões de matéria coronal, a intensidade da radiação que atinge os satélites é mais baixa que nos períodos de baixa atividade", disse o cientista Bob Schaefer, líder do estudo, ligado ao Johns Hopkins University Applied Physics Lab. O trabalho de Schaefer vai ao encontro do resultado obtido através da constelação de satélites, que em 2015 revelou que mudanças importantes no campo magnético da Terra estão acontecendo, entre elas uma possível dispersão da AMAS e o possível enfraquecimento sobre o Brasil.
(Fonte)
 
Loading...

quinta-feira, 8 de março de 2018

Atividade paranormal registrada em câmera na Irlanda


Imagens misteriosas surgiram mostrando uma série de distúrbios alegadamente paranormais em uma escola em Cork.
A gravação, que foi mostrada no canal do YouTube do Deerpark CBS, mostra apenas menos de dois minutos de uma suporta filmagem feita nas primeiras horas da manhã por uma câmera de segurança.

Após 16 segundos de vídeo, uma porta no corredor à direita, de repente, fecha com um estrondo alto, aparentemente sem intervenção humana.
Aos 33 segundos, um dos armários começa a balançar para frente e para trás por conta própria, seguido por um outro armário que abre espalhando papéis por todos os lugares.

A atividade termina com o sinal de “piso molhado” caindo sozinho em torno de 1:22 no vídeo. O fato do armário estar diretamente em frente de uma janela certamente poderia explicar a possibilidade de alguém estar empurrando foram do ângulo da câmera. A porta que bate no início também está muito longe para uma análise.

 (Fonte)


Loading...

Aconteceu de novo: Centenas de pássaros caem do céu, desta vez no México

Centenas de pássaros caem do céu no México
Centenas de pássaros, voando em bandos grandes no centro da cidade de repente caíram do céu, bem em frente ao prédio do governo estadual de Parral, no México, impressionando espectadores e funcionários, que não têm ideias do que aconteceu na frente deles em 25 de fevereiro de 2018.

A versão oficial é uma doença misteriosa. Bem, você pode explicar como esse ‘vírus’ mataria de repente centenas de pássaros ao mesmo tempo em menos de 30 segundos? Testemunhas dizem que parecia um filme de terror, com dezenas de pássaros que estavam sendo esmagados por carros na estrada.

Os funcionários querem investigar os pássaros mortos para obter uma resposta ‘real’ para esta morte em massa. Seria envenenamento? O mistério continua …

(Fonte)
 
Loading...

quarta-feira, 7 de março de 2018

Linha misteriosa é detectada cortando o planeta do Polo Norte ao Polo Sul

 
Há vários dias houve uma observação realmente bizarra no Google Earth e no Google Maps.
Uma misteriosa linha de milhares de quilômetros, que se estendeu do Pólo Norte ao Pólo Sul, não só foi detectada no Google Earth e no Google Maps, mas também pôde ser detectada pela Estação Espacial Internacional.

Há muita discussão sobre o que essa enorme linha poderia ser…
Apesar de algumas pessoas sugerirem que tenha sido uma falha de processamento nas fotos, ela claramente tem uma construção física.

Embora a comunidade on-line ainda discuta sobre o fenômeno estranho, um vídeo surgiu de uma gigantesca linha reta bizarra cortando o céu da Holanda.
Nuvens bizarras no céu da Holanda.

A testemunha que enviou as imagens ao MrMB333 escreve:
Apenas para compartilhar uma linha de nuvem realmente estranha no céu acima da Holanda, eu vi em 20 de fevereiro de 2018.
Uma estranha formação de nuvens alinhadas e retas, bastante larga e ultrapassando o ponto de fuga dos meus olhos.
A linha da nuvem parece ser de um tipo diferente de material do que as outras nuvens ao redor e atrás dela.
Parece que a “linha gigante” no Google Earth era real, afinal. A questão é: Qual é a origem desse fenômeno, de onde isso vem, tendo em conta a observação da linha gigante sobre a Holanda, onde o material da nuvem parece ser artificialmente criado.

(Fonte) 
 
Loading...

A terra está se abrindo no Peru: 60 famílias já foram evacuadas


Isso é aterrador! Sim, Lluto, uma pequena comunidade localizada na província de Chumbivilcas, departamento de Cusco, Peru, está literalmente rachando, com dezenas de grandes e crescentes rachaduras no chão, engolindo casas, campos e, provavelmente, em breve pessoas. As fissuras se expandem todos os dias, deixando o lugar menor para os habitantes viverem. Sessenta famílias já foram evacuadas … E o resto da população está vivendo em alerta máximo. Centenas de moradores da comunidade rural de Lluto em Chumbivilcas – Cusco vivem em alerta máximo, depois de um dramático deslizamento de terra. O deslizamento destruiu várias casas e agora está ameaçando a vida de dezenas de outros moradores.

Mais de 53 rachaduras destroem lentamente a pequena aldeia no Peru.


As rachaduras gigantes foram criadas por um deslizamento de terra que começou em 2012, mas a situação evoluiu tanto que 60 famílias foram evacuadas até a data de 2 de março de 2018.
 
As fissuras crescentes na Terra e a instabilidade do solo são devidas aos  terremotos e às altas chuvas no último mês.

No dia 2 de março de 2018, um novo deslizamento de terra ocorreu por volta das 3 da manhã e causou o colapso de 37 casas, o centro de saúde da cidade, um trecho de 300 metros de estrada e ameaça destruir uma escola primária e secundária.

As fissuras enfraqueceram as infra-estruturas e várias casas desabaram ou têm fissuras nas paredes. Os funcionários agora colocaram a região sob investigação e um plano de emergência foi implantado para ajudar as vítimas do dramático fenômeno geológico.

(Fonte)

Loading...

segunda-feira, 5 de março de 2018

Memórias preparam-se para saltar para a faixa dos terahertz

Este gráfico ilustra as interações dos pulsos de luz terahertz (rosa) com um nanocompósito alinhado verticalmente. "B" é o campo magnético e "ETHz" é o campo elétrico THz. O filme nanocompósito inclui pilares minúsculos de óxido de zinco (ZnO) (vermelho) incorporados em uma matriz de manganita de estrôncio e lantânio (amarelo).[Imagem: Chris Sheehan]
Magnetorresistência colossal
Um material ferroelétrico na forma de uma película de espessura atômica mostrou-se capaz de gravar dados magnéticos em uma frequência na faixa dos terahertz, mais de 1.000 vezes a maior velocidade obtida nas memórias atuais.


A leitura e escrita de dados nessa frequência promete equipamentos eletrônicos operando em um novo patamar de velocidade.


Isto se tornou possível quando um filme de óxidos de perovskita apresentou o fenômeno conhecido como magnetorresistência colossal a temperatura ambiente.


Além disso, o fenômeno pode ser controlado por meio de alterações de temperatura, como nas memórias de mudança de fase, por magnetismo, como nos discos rígidos atuais, ou - ainda mais interessante quando o assunto é velocidade e baixo consumo de energia - por meio de pulsos de luz.


Diferente da magnetorresistência colossal convencional, observada sob campos magnéticos muito fortes e temperaturas criogênicas, o fenômeno observado nas perovskitas opera a temperatura ambiente e sob campos magnéticos de intensidade intermediária.


A demonstração é bastante inicial, mas os resultados indicam que esses materiais ferroelétricos emergentes são adequados para a construção de componentes ópticos e eletrônicos acima da atual faixa dos gigahertz.


"Isso sugere que a magnetorresistência colossal nas frequências THz pode encontrar uso em nanoeletrônica e em componentes óticos THz controlados por campos magnéticos,"
escreveu James Lloyd-Hughes, da Universidade de Warwick, que trabalhou com uma equipe do Reino Unido e dos EUA.


(Fonte)
 
Loading...

Necrópole descoberta no Egito contém ‘mensagem do além’


Um cemitério com dezenas de sarcófagos foi achado recentemente ao sul do Cairo; local com mais de 2 mil anos de idade deverá exigir cinco anos para ser totalmente explorado por arqueólogos.
A necrópole foi descoberta na cidade de Menia, ao sul do Cairo Foto: Reuters / BBCBrasil.com
Encontrar uma necrópole com dezenas de caixões de pedra no Egito não é algo que acontece todos os dias, e é ainda mais raro achar em meio a tudo isso um colar com uma “mensagem do além”.

Este cemitério egípcio, descoberto na cidade de Menia, ao sul do Cairo, tem mais de 2 mil anos de idade. Estima-se que serão necessários cinco anos para escavar e explorar totalmente o local.

O ministro de Antiguidades do Egito, Khaled al Enany, informou que foram encontrados 40 sarcófagos, joias, utensílios de cerâmica e uma máscara de ouro.

Também foram achados artigos funerários que datam do final do período faraônico até a época primitiva do período helênico do Egito, por volta de 300 a.C..

“Esse é só o início de uma nova descoberta”, disse Al Enany a jornalistas. “Logo teremos uma nova atração arqueológica no Egito.”

Mostafa Waziri, chefe da missão arqueológica, disse que foram encontradas oito tumbas nos últimos três meses, mas ele espera que sejam descobertas outras.

“O trabalho de escavação está programado para os próximos cinco anos com o objetivo de achar todos os sarcófagos do cemitério”, disse.
As tumbas encontradas têm mais de 2 mil anos de idade Foto: Reuters / BBCBrasil.com

Waziri disse que muitas das tumbas e artefatos pertenciam a sacerdotes que veneravam o deus egípcio Thoth.

Também foram encontrados quatro jarros bem conservados com tampas desenhadas para que se parecessem com os rostos dos quatro filhos do deus Hórus.

“Eles ainda contêm órgãos internos mumificados. Os frascos estão decorados com textos em hieróglifos que mostram o nome e os títulos de seus donos”, disse Waziri.

Mas outra coisa também chamou a atenção de todos na equipe de arqueólogos.
Waziri qualificou como uma “maravilhosa coincidência” ter descoberto na véspera do Ano Novo um colar que tinha a inscrição “Feliz Ano Novo” em hieróglifos.

“Foi uma mensagem enviada do além”, disse.
No início desde mês, os arqueólogos encontraram a tumba de uma antiga sarcedotisa de 4,4 mil anos de idade.

Os quatro jarros encontrados na necrópole ainda conservam órgãos mumificados dos falecidos Foto: EPA / BBCBrasil.com
Estava adornada com pinturas murais bem conservadas que representam a sacerdotisa Hetpet em uma série de cenas diferentes.

(Fonte)

Loading...

Custom Search