quarta-feira, 29 de junho de 2016

Edward Snowden: Osama Bin Laden está vido e bem em Bahamas '

O denunciante da NSA afirma ter documentos que provam que Bin Laden ainda está na banca da CIA e que ele está vivendo uma vida de luxo em Bahamas.

Depois que Edward Snowden, um empreiteiro da ex-Agência de Segurança Nacional (NSA), vazou documentos classificados sobre programas de vigilância do governo em 2013, ele foi acusado de uma série de crimes. O especialista em computadores acreditava que ele estava certo em revelar extensa fiscalização das telefonias pela inteligência americana para todo o mundo.



Agora vivendo na Rússia, onde lhe foi oferecido asilo por um ano, ele revelou uma outra informação controversa. De acordo com o Moscow Tribune, Snowden acredita que Osama Bin Laden - o famoso terrorista e ex-líder da Al Qaeda - está vivo e recebendo benefícios  da Agência Central de inteligência (CIA).
"Eu tenho documentos mostrando que Bin Laden ainda está na folha de pagamento da CIA", afirma Edward Snowden. "Ele ainda está recebendo mais de US $ 100.000 por mês, que estão sendo transferidos através de algumas empresas e organizações de fachada, diretamente para sua conta bancária Nassau. Não estou certo de onde ele está agora, mas em 2013, ele estava vivendo tranquilamente em sua casa de campo com cinco de suas esposas e muitos filhos. "
Segundo o Sr. Snowden, a organização do governo falsificou a morte de Bin Laden, então, transportado o terrorista e sua família para um local desconhecido, nas Bahamas.
"Osama Bin Laden era um dos agentes mais eficientes da CIA por um longo tempo", afirma o famoso denunciante. Eles organizaram sua morte falsa, com a colaboração dos serviços secretos paquistaneses , e ele simplesmente abandonou seu disfarce. "Uma vez que todo mundo acredita que ele está morto, ninguém está olhando para ele, por isso era bastante fácil de desaparecer. Sem a barba e a jaqueta militar, ninguém o reconhece. "
NaijaPicks (a fonte original) retransmite que os documentos que comprovem esta afirmação controversa estão incluídos em seu livro, que foi publicado em Setembro de 2015. Apesar de Snowden afirmar que ele vazou os documentos para ajudar o povo americano, ele continua a ser um fugitivo nos Estados Unidos. Apesar de cerca de 168.000 pessoas assinaram uma petição para ele ser perdoado, a Casa Branca rejeitou o esforço em 28 de julho de 2015. Quando Snowden estava em Hong Kong, vários jornalistas foram concedidos a oportunidade de entrevistá-lo em seu esconderijo secreto. Depois de ser perguntado por que ele deixou o seu país de origem, ele disse a The Guardian:
"Eu não quero viver em uma sociedade que faz este tipo de coisas ... Eu não quero viver em um mundo onde tudo que faço e digo é registrado."
Nota: A fonte original de esta informação não foi validada nem confirmada por nenhuma outra fonte.

Fonte: http://humansarefree.com

0 comentários:

Postar um comentário

Custom Search