loading...

segunda-feira, 11 de junho de 2018

A viagem no tempo pode ser uma realidade oculta


Uma das questões que obcecam o mundo em geral é a capacidade de viajar no tempo. Muitas questões surgem quando a questão é colocada. Seria viável? Será que a nossa tecnologia atual permite, ou talvez permitirá num futuro próximo? Podemos viajar para o passado ou para o futuro?

Por quantos anos poderíamos avançar ou regressar?
Não há evidências claras de que os seres humanos sejam capazes de fazer saltos no tempo, apesar do cientista Stephen Hawking ter dito que, segundo a teoria da relatividade de Einstein, seria possível passar por um buraco de minhoca .

Viajar no tempo: Mito ou mais real do que pensamos?

Ao longo da história, aparecem contos que nos fazem acreditar que as viagens no tempo são possíveis e que, de fato, fomos visitados por viajantes do tempo em mais de uma ocasião.
O caso mais famoso é, talvez, o caso de John Titor, o famoso viajante do tempo que veio de 2035 e usou os fóruns da Internet para deixar suas previsões sobre seu futuro durante o ano 2000. Titor alertou o mundo de supostos eventos que ocorreriam nos anos seguintes e, embora alguns fossem muito vagos e não foram cumpridos, outros tiveram sucesso e, além disso, ainda são precisos até hoje.
Um dos exemplos claros foi a sua previsão sobre que os Estados Unidos teria um presidente negro, ou o início da Terceira Guerra Mundial que iria começar no ano de 2015. Ainda não há notícias oficiais sobre uma terceira guerra mundial, mas vendo os ataques do Oriente Médio ao Ocidente em 2014, tudo parece indicar que estamos nos aproximando.

Os paradoxos da viagem ao longo do tempo

Embora o surgimento de Titor e de outras teorias tenham causado polêmica entre muitos cientistas e pessoas em geral, há uma desvantagem que levanta uma dúvida sobre o deslocamento no tempo, ou pelo menos viajar para o passado. A criação de paradoxos espaço-tempo.

Viajar para o passado significaria alterar o mesmo, sendo capaz de mudar o curso da história como a conhecemos. No entanto, os cientistas que estudaram o assunto explicaram que, do ponto de vista da teoria das cordas, o futuro não mudaria, mas sim criaria uma linha do tempo completamente nova a partir da alteração do passado, dando a entender que existiriam diferentes mundos paralelos interagindo ao mesmo tempo, de acordo com a Griffith University e o Griffith Center for Quantum Dynamics, na Austrália.
(Fonte)

Loading...

1 comentários:

  1. Em tese, uma vez que ainda não foi experimentado, a viagem no tempo só seria possível para o futuro, como no paradoxo dos gêmeos, um na terra e outro viajando na velocidade da luz, ou acima dela, aonde o tempo seria relativizado e passaria mais lentamente para o viajante.

    Não existem hipóteses matemáticas que permitam a viagem para trás ... E provavelmente nunca existirão.

    ResponderExcluir

Custom Search